Flor_S2 * ' flor, inspirada, te inspira '

Pelos poderes de Greyscow, nós temos a foorçaaaaa

Google+ Followers

Devaneios e crises... prometo que supero!

Noutro dia eu estava imaginando como seria a minha vida daqui a 15 anos. Daqui a menos de 12 horas eu vou estar encerrando uma fase da minha vida - o encerramento de uma fase da minha vida nunca foi tão nítido, tão perceptível quanto agora -, uma simples prova vai simbolizar o final da minha vida escolar juvenil, para dar espaço a uma nova realidade que me persegue, querendo que eu a encare - pena eu não ter sido precoce pra enfrentar isso tudo quando mais jovem, talvez hoje eu fosse mais feliz.
Outra coisa também interessante, é que desde que eu li esse trecho de um poema de um poeta tão famoso, tão famoso que eu nem lembro o nome - isso não foi ironia, de fato eu não sou boa pra guardar nome de poetas, compositores e seus similares -, o trecho a seguir "... talvez eu fosse menos feliz" marcou tão forte minhas lembranças, que eu acho quase impossível eu me reportar ao passado com uma visão subjetiva, sem usar essa frase, nem que seja bem escondida, pelo meio, dando um ar de "graças a Deus que eu não fiz diferente".
Enfim, voltando ao assunto - é incrivel a minha capacidade de falar sobre outros assuntos sem terminar o primeiro - mas voltando outra vez... Amanhã, eu vou fazer a minha ultima prova do 3º ano do meu ensino médio - digo "meu" para dar um caráter mais pessoal - que encerrará este ciclo... aliás... ciclo não! (ciclo representa o fim, e não é, em termos não é mesmo).
Pois é, é uma vida, uma fase que vai ficando para trás, meu amigos de colégio, a qual eu cultivo profundo interesse (desde que os conheci) em que se torne amigos de vida, e não apenas de colégio. Afinal, foram eles (e sempre serão, espero!) quem estenderam as mãos quando eu estava caindo, me levantaram antes que eu sofresse seqüelas. Eles foram o alfa da minha verdadeira maturidade, me fizeram enxergar que além de um horizonte distante, sempre existe mais um horizonte distante, e que por mais que nos andemos, sempre haverá algo mais distante, mais alto a ser conquistado. Pois a vida é assim, quando pensamos estar longe, na verdade está só começando, e quando pensamos ter terminado, na verdade, ainda nem começou de fato.
Meus amigos me ajudaram a ser grande, mesmo sendo baixinha. E me ensinaram a nunca deixar os outros passaram por cima de mim, porque quem não levanta poeira, come poeira, e o gosto é desagradável demais pra nos deixarmos isso acontecer sem lutas e batalhas infindáveis.
O vestibular está cada vez mais perto, mais próximo da minha vida, que não consigo falar sobre nenhuma outra coisa que não seja as provas que estão por vir, e sobre esse meu saudosismo. Mas a vida precisa de mais... Prometo que na próxima eu supero esse quase desespero.
Saudações a todos...

Um comentário:

Rony Corrêa disse...

Veja minhas fotos em www.flickr.com/photos/ronydf te adicionei no msn também, depois vc aceita o meu convite tá? bom que a gente vai conversando... a propósito... adorei esta foto, quem tirou? Beijão.